Ufal apoia evento internacional de IA aplicado à Educação

O evento será realizado pela primeira vez na América Latina, em Recife, de 8 a 12 de julho

Por Ascom do evento
 | nothing

Pela primeira vez, o Brasil será palco da maior conferência internacional de Inteligência Artificial aplicada à Educação (AIED). O evento, que será realizado entre os dias 8 e 12 de julho em Recife, Pernambuco, foi trazido ao país pelo professor doutor Rafael Ferreira Mello, natural de Arapiraca, Alagoas, em colaboração com o CESAR School, escola de inovação de Recife, que está diretamente conectada ao ecossistema do Porto Digital.

Com uma carreira destacada em pesquisa e ensino, o alagoano é conhecido por suas contribuições em learning analytics, inteligência artificial generativa e processamento de linguagem natural. Sua liderança em projetos financiados pelo Ministério da Educação do Brasil e sua participação em pesquisas multinacionais evidenciam sua influência na área.

O AIED 2024, que terá como  tema “IA na Educação para um Mundo em Transição”, está voltado a debater a integração das tecnologias de inteligência artificial com práticas pedagógicas, políticas educacionais e como uma ferramenta para promover uma aprendizagem fluida e equitativa. Rafael Ferreira Mello ressalta que esta conferência é um marco significativo para a ciência nacional, pois oferece suporte às instituições e aos pesquisadores brasileiros, estimulando um debate essencial para o desenvolvimento educacional do Brasil.

"Junto com outros colegas pesquisadores, trouxemos essa grande conferência para o Brasil. Nesse momento em que se discute a regulação da IA no país, é fundamental explorar, com base em dados científicos, como essa tecnologia pode transformar a educação, pilar essencial para o desenvolvimento socioeconômico", destacou Mello.

Para viabilizar a candidatura, além do CESAR School, o evento contou com a colaboração da Universidade de Pernambuco (UPE), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) e da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Sob a orientação do professor Rafael Ferreira Mello, essas instituições se uniram para trazer a conferência pela primeira vez em uma cidade da América Latina.

Idealizada pela Sociedade Internacional de AIED, a 25ª edição da AIED 2024 contará com cerca de 400 pesquisadores de todo o mundo. O evento visa ampliar o alcance de pesquisas inovadoras sobre sistemas assistidos por IA e abordagens de ciência cognitiva para aplicações educacionais computacionais. As inscrições ainda estão abertas para aqueles que desejam participar.

Sobre o organizador

Rafael Ferreira Mello, 36 anos,  doutor em Ciência da Computação, é professor na UFRPE e no CESAR, com pesquisas focadas em learning analytics, inteligência artificial generativa e processamento de linguagem natural. Nos últimos anos, ele tem promovido o uso de técnicas e ferramentas de learning analytics em diversas instituições brasileiras. Rafael Ferreira Mello também é pesquisador no Núcleo de Excelência em Tecnologias Sociais (Nees) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Como pesquisador líder, Mello coordena dois projetos nacionais financiados pelo Ministério da Educação do Brasil, voltados ao desenvolvimento de técnicas de processamento de linguagem natural e análise de aprendizagem para melhorar as produções escritas dos alunos e apoiar decisões no plano nacional de educação. Além disso, ele participou de projetos de pesquisa multinacionais com parceiros na Europa, Austrália e América Latina.
Mello publicou artigos em jornais e anais de conferências internacionais de destaque e atuou como editor assistente e revisor em várias revistas e conferências renomadas, como a International Learning Analytics Knowledge Conference, Journal of Learning Analytics, Computers and Education, British Journal of Educational Technology e Internet and Higher Education.