Reitor acompanha atividades do Ufal Verão 2015

Crianças e adolescentes tiveram aula de raciocínio lógico e idosos participaram de minicurso sobre práticas corporais


- Atualizado em
Reitor visita curso de verão no Instituto de Computação | nothing
Reitor visita curso de verão no Instituto de Computação

Keila Oliveira – estudante de Jornalismo

O reitor da Universidade Federal de Alagoas, Eurico Lôbo, acompanhou algumas atividades ofertados esta semana no Ufal Verão 2015. Acompanhado do pró-reitor de Extensão, Eduardo Lyra, e do coordenador dos Projetos de Extensão, José Roberto, ele visitou os cursos realizados no Instituto de Computação (IC), Centro de Educação (Cedu) e Instituto de Geografia, Desenvolvimento e Meio Ambiente (Igdema).

De acordo com o pró-reitor Eduardo Lyra, um dos objetivos dos cursos de verão é atualizar e qualificar as pessoas para o mercado de trabalho. “A Universidade é uma instância que tem como natureza a formação de profissionais para a sociedade alagoana e tem esse objetivo de qualificar pessoas. Nesse período de recesso, os cursos de verão vêm com o intuito de atualizar e habilitar principalmente a comunidade externa para o mercado de trabalho”, pontuou.

O reitor ressaltou a importância de se ofertar cursos durante o período de férias para a sociedade em geral. “É importante que a Ufal mantenha uma relação direta com a comunidade que vive no torno da Universidade, prestando um serviço que sai do tradicional processo de formação acadêmica através de ações que integram universidade e sociedade. Nós já realizamos essas ações há alguns anos e, hoje, cerca de mil e quatrocentas pessoas estão sendo beneficiadas com cursos aqui dentro da Ufal que foram absolutamente pensados, estruturados e programados para receber essas pessoas”, ressaltou.

Eurico Lôbo visitou uma turma de crianças e adolescentes que estavam tendo aula de raciocínio lógico, no Instituto de Computação. "Eles são muito espertos e alguns já falam o que querem fazer na Universidade", destacou.

A senhora Graça Ramalho participou do minicurso Práticas corporais integrativas para a melhor idade e ressaltou a importância de a Universidade proporcionar ações como essa. “Sempre que ofertam atividades aqui na Ufal eu participo, pois como sou massoterapeuta e acho interessante sempre obter novos conhecimentos”, destacou.